Veja qual o arame ideal para parreira de uva

Publicado em 30 de agosto de 2023
Veja qual o arame ideal

Existe um arame ideal para parreira de uva independente se a sua instalação será feita em um grande empreendimento ou em uma pequena produção familiar. O motivo é que estamos diante de um produto de qualidade, que garante que a estrutura será resistente no processo de cultivo e colheita das uvas.

Na busca pela sustentabilidade dos seus projetos em várias regiões do país, mas especialmente no Sul, os produtores têm descoberto os benefícios do arame para parreiral. Por exemplo, o ganho de produtividade na colheita e o melhor custo-benefício na montagem da estrutura. Mas, tudo vai depender do objetivo.

Continue lendo porque neste texto vamos explicar:

  • Por que escolher um arame ideal para parreira de uva?;
  • Mas, o que é arame para parreiral?;
  • Qual o melhor arame para parreira de uva?.

Por que escolher um arame ideal para parreira de uva?

A escolha pelo arame ideal para parreira de uva, assim como para outros tipos de parreiras, tem a ver com a qualidade do produto. Isso vai garantir benefícios diretos na instalação e no custo-benefício da compra. Assim como facilita o manejo e a colheita das frutas.

Afinal, essa é uma atividade que exige a resistência dos arames. Primeiro porque conta da possível aplicação de defensivos químicos que podem corroer o material. Depois, devido ao peso da estrutura, a partir de ramos e uvas.

Até o fim da leitura vamos falar mais de um produto disponível na Cercas Cattoni, o arame Belgo Parreiral, o mais indicado para essa finalidade. Para adiantar o assunto e entender mais dessa importância, considere que ele tem uma tripla proteção galvanizada e é super resistente.

Arame para parreiral

Os benefícios do arame para parreiral

Neste tópico, confira um pouco mais da história e dos motivos que explicam os benefícios do arame para parreiral na produção de uvas. Aliás, ainda neste conteúdo vamos falar sobre os sistemas mais usados nos parreirais, continue lendo.

Resistência aos produtos químicos

Até algum tempo atrás, o uso de produtos químicos acontecia em menor volume. Por isso, ainda que houvesse o controle de pragas, um arame convencional durava até 60 anos. Hoje, com as novas cultivares e novas doenças, a aplicação desses produtos se tornou mais intensa.

Atualmente, existe a necessidade do uso de pesticidas e adubos foliares, que são bastante agressivos. Logo, esse simples fato diminui a vida útil do arame convencional. O que ajuda a entender a importância de usar um produto galvanizado, que é muito mais resistente.

Resistência estrutural

Também vale a pena entender um pouco mais da questão da resistência estrutural. Afinal, as parreiras devem se manter nas alturas desejadas, assim como nas posições mais indicadas. 

É preciso ter “força” para segurar as uvas ao longo das linhas dos arames. Especialmente, quando a gente considera a tensão desses fios por conta do peso. Os rabichos ajudam a manter o parreiral na posição, mas somente ao ter arame de qualidade chega-se ao sucesso na atividade.

Custo-benefício

E não dá para terminar a lista de benefícios que se tem ao escolher o arame ideal para parreira de uva sem falar do custo-benefício. O produto de qualidade, que vamos apresentar abaixo, passa por um pesado processo de galvanização, com a intenção de durarem mais.

Enquanto um arame de baixa galvanização dura até 10 anos, o arame apropriado para determinadas culturas chega a 30 anos. E quem diz isso é a própria fabricante, a Belgo. Ou seja, 3X mais em duração. O que aumenta, consideravelmente, o custo-benefício da compra.

Aqui, há um detalhe muito importante: alguns produtores usam os arames ovalados, que são mais grossos, para parreirais. No entanto, se não tiver o tratamento correto contra as agressões químicas (galvanização), o resultado não surtirá o efeito esperado e ele vai durar menos.

O que considerar ao escolher um fornecedor de tela e acessórios para cercamento? Clique e baixe o conteúdo!

Mas, o que é arame para parreiral?

Na maioria dos dicionários online, vamos encontrar que parreiral é uma série de parreiras. Então, o que seriam as parreiras? É o mesmo que viticultura, ou seja, “aspecto comum de certas plantas trepadeiras”.

O fato é que as plantas trepadeiras são videiras, ou seja, ficam apoiadas em grades, de modo horizontal e com sustentação feita por varas, pilares ou postes. Geralmente, são estruturas de madeira, mas, recentemente, têm sido apresentadas em alumínio também.

As trepadeiras frutíferas são: uvas; maracujás; framboesas; amoras e kiwis. A Abrafrutas (Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frutas e Derivados) explica as uvas da seguinte forma. 

Falando em frutas que nascem de plantas trepadeiras, a uva é o exemplo mais tradicional”. E continua: “as videiras, como são chamadas, são cultivadas há milhares de anos pelas civilizações europeias para produzir vinho”.

Resumidamente, um parreiral de uva é a estrutura criada para dar sustento à produção dessa fruta. Para isso acontecer, é necessário o uso de vários acessórios e ferramentas, ao passo que o arame é um deles.

Os tipos de parreiras

Hoje, há vários sistemas para fazer a estrutura de um parreiral de uvas e todos usam o arame como produto principal. Conheça algumas opções.

Sistema Latada (Sistema T)

Aqui temos o sistema para o cultivo de uvas mais comum na Serra Gaúcha. É bastante funcional para produzir vinhos e sucos, além de algumas uvas de mesa. A videira cresce reto e depois abre os ramos para os lados, formando a letra “T”.

É um sistema de fácil manejo e que permite alta produtividade, por isso, está entre os mais utilizados nesta região. Para que o uso defensivo agrícola seja possível, recomenda-se a aplicação de um arame ideal para parreira de uva.

Sistema em Espaldeira (Cerca)

Para o cultivo de uvas finas, em espumantes e vinhos, outro sistema é indicado: espaldeira. Ele se parece com uma cerca de arame liso ou farpado. As videiras sobem e abrem duas ramificações laterais conduzidas durante as linhas de arames.

Nesta opção, ainda que a produção seja em menor escala por área, existe o ganho na qualidade das uvas devido a melhor entrada do sol, aumento da aeração e diminuição de pragas. A qualidade da uva é importante para a produção de espumantes e vinhos finos.

Sistema em Y

O sistema Y é a última alternativa que vamos mencionar aqui entre as encontradas no Brasil para o plantio e cultivo de uvas. Nesse caso, o foco está na produção de uvas de mesa mais nobres. Ele se parece com o sistema Latada, porém, os ramos são abertos de forma inclinada, formando “Y” e não “T”.

A vantagem do sistema Y de videiras é que permite maior entrada do sol, mais aeração e uvas mais eficientes. Logo, é exatamente essas características que se busca na produção de uvas de qualidade. Além disso, a produção permite mais quantidade do que a espaldeira.

Melhor arame para parreira de uva

Qual o melhor arame para parreira de uva?

O arame Belgo Parreiral, mencionado anteriormente, é a melhor resposta para essa pergunta. Ele foi desenvolvido a partir de uma cordoalha de 3 fios. Apesar de também ser indicado para outros parreirais, foi criado pensando no processo de montagem de um parreiral de uvas.

Em termos técnicos, ele tem as seguintes características: 3 fios; 250 metros de comprimento; 1.000 kg de impacto; 3 camadas de zinco; e um diâmetro de 4 mm.

Assim, se torna o arame ideal para parreira de uva, aliando alta qualidade e resistência para a sua instalação. Mas, onde comprar esse produto? Aqui na Cercas Cattoni temos os melhores acessórios e ferramentas para cercamentos e parreirais. Entre em contato agora mesmo.Conheça também o Frutifio, arame ideal para sustentação de plantas. E o Vitifio, arame usado para sustentar folhas e facilitar a colheita.

Assine a newsletter

Posts recentes

Tags